PÁGINA PRINCIPAL

www.estudiomusitec.com.br

 

RIO ACARI - OBRA  PARALISA  APÓS  ELEIÇÕES

A Rio-Aguas, órgão da Secretaria Municipal de Obras e Conservação, iniciou em 12 de março de 2010, as obras de controle de enchentes na bacia do Rio Acari. O projeto previa melhorias no entorno do rio, com a construção de parques, avenidas ao longo das margens e ciclovia que iriam beneficiar diretamente mais de 100 mil moradores do local. Com previsão de execução de dois anos, a obra custaria cerca de R$ 49 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal via Ministério das Cidades. A intervenção pronta vai beneficiar diretamente o parque industrial de Barros Filho, Honório Gurgel, Guadalupe e Fazenda Botafogo, que não mais sofrerão com enchentes. As obras, iniciadas ao longo do rio estão paralisadas. As Obras incluem a dragagem e a canalização do rio, em um trecho de três quilômetros.  Antes das eleições as obras estavam a todo vapor, mas por enquanto encontra-se parada.  A ciclovia que ligará os parques, tem como objetivo encurtar distâncias e facilitar a circulação de bicicletas, meio de transporte já bastante utilizado pelos moradores da região. Para viabilizar a obra, os moradores já foram removidos pela Secretaria Municipal de Habitação. Na antiga fábrica Mundial, com a remoção dos moradores, as obras estão em andamento. 

Em breve será inaugurado um Centro de Cidadania e uma Creche para atender a Comunidade. RIO ACARI – O Rio Acari tem 7.1 km de extensão e passa por vários bairros da Zona Norte.  Em Marechal Hermes, Guadalupe, Pavuna, Coelho Neto, Acari, Fazenda Botafogo, Barros Filho, Honório Gurgel e Jardim América residem cerca de 20 % da população da cidade. As margens do rio constituem uma área residencial densamente ocupada, na maioria das vezes, de forma desordenada. Conhecido por ser um dos rios mais poluídos da cidade, o rio Acari deságua no Rio São João de Meriti, que desemboca na Baía de Guanabara. 

 

 

PROMESSA DE PARQUES E URBANIZAÇÃO 

O Rio –Águas irá implantar três parques lineares na região e, assim, promover a transformação gradual das margens do Rio Acari. O Parque Luiz Antônio Cavalcanti terá área de 12.600m2 e será construído junto aos rios Tinguí e Sapopemba.A área já é ponto de encontro da população, mas irá ser urbanizado e oferecerá melhor qualidade de vida aos moradores. O Parque Lourenço Marques, junto à ponte da rua Leocádia de Figueiredo, será ampliado com o mesmo objetivo. E o Parque Sílvio Romero, será vizinho à escola de mesmo nome, terá quadra esportiva e área de lazer.

 

Envie suas opiniões ou sugestões para os e-mails: talentosemfoco@bol.com.br, luizgmartins2@yahoo.com.br, edpaiva@bol.com.br, eliasdoimpacto@gmail.com