MARIANA LUTA PRA SOBREVIVER  - Veja  Aqui!!!


 
                  O Parque Estadual da Pedra Branca é uma unidade de conservação ambiental situada na zona oeste do município do Rio de Janeiro - RJ.

 

A subsede do Parque da Pedra Branca, fica em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Atualmente o parque possui três centros para visitação, passeios e apresentações guiadas ao local. Guias florestais acompanham grupos interessados em caminhadas pela região diariamente.  

PROJETO CARBONO ZERO NA CAMPANHA 2016

Com apoio do Governo do Estado, do INEA (Instituto do Ambiente), da Secretaria do Ambiente e do Rio 2016, foram plantadas 3.580 mudas de árvores da Mata Atlântica, que neutralizarão as emissões de gases poluentes gerados pelas obras e organização dos jogos olímpicos que se realizarão na cidade do Rio de Janeiro. 

A região é protegida desde 1974, quando foi criado o Parque, que possui cerca de 12.500 hectares. É o maior parque natural urbano do mundo, com cerca de 80 Km de diâmetro.

É encoberto por vegetação típica da Mata Atlântica (cedros, jacarandás, jequitibás e ipês), a qual serve de abrigo a uma generosa fauna composta por jaguatiricas, preguiças-de-coleira, tamanduás-mirins, pacas, tatus, lagartos, ouriços, tucanos, jacus, inhambus e cotias.  

O pico da Pedra Branca (1.025 m), ponto culminante da cidade, pode ser avistado de qualquer parte do litoral do Rio (principalmente Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes) e adjacências (como nos bairros de Bangu e Realengo).  

A Pedra do Hime (356 m), cujo cume esta a 1024m acima do nível do mar, também conhecida como “pedra do canino”, tem muitas vias de escalada. 

O papel das florestas na vida do ser humano sempre foi compreendido. Entretanto, com a repercussão negativa na qualidade de vida e só depois de muitos anos, as influências florestais sobre o clima, ar, água, solo, saúde e aspectos psicológicos do homem ganharam real importância.

O aumento da população, aliado às mudanças do ambiente imposto pelo homem, exerce grandes pressões sobre a atmosfera, ocasionando diferentes impactos sobre a natureza.  Que estejamos juntos nessa empreitada, e para que a nossa missão seja alcançada plenamente, participemos todos desta idéia! 

O diretor do Jornal Impacto, Luiz Martins, esteve no alto do Parque e presenciou os trabalhadores plantando diversas árvores ao longo do morro.

Fotos: Luiz Martins.

Veja o vídeo sobre o Parque:

http://www.youtube.com/watch?v=p7hSAqXDzWY

 

 

 

Acesse o site:

www.impactonline.com.br 

Envie suas opiniões ou sugestões para os e-mails:

jornalimpactonline@gmail.com, luizgmartins2@yahoo.com.br, eliasdoimpacto@gmail.com